It’s over.

Acho que isso é mais sobre frustração e medo. Medo de fracassar de novo. Medo da solidão. Porque eu acho que eu já deixei o amor ir embora. O coração já foi quebrado e decepcionado de tal forma que não volta.
Nunca amei tão rápido e perdi isso tão rápido. Temos mania de nos iludir e depois botar a culpa nos outros.
Isso é sobre o desespero de “achar”. Achar que dessa vez vai dar certo, que dessa vez você vai ser feliz, que dessa vez vocês não irão errar, que dessa vez tudo será como nos contos de fada, mas não. Você se entrega pra quem nem conhece direito e depois a merda já foi feita. Mas quanto vale a mágoa? quanto vale à tristeza? Não vale! A ilusão parece bela mas não é, ela dói. Esse amor dói mais do que faz bem e se não for hoje não durará mais breve momento.
                                            Miks, only for you.

"Você pode dirigir com 16, ir para a guerra aos 18, beber aos 21, e se aposentar aos 65. Mas, qual a idade você tem que ter antes que seu amor seja verdadeiro? Já tive aos montes pessoas que não compensam esquentando a cadeira ao lado do cinema, o banco ao lado do carro e o travesseiro extra da cama. E nem por um minuto senti meu peito aquecido. A gente até engana os outros de que é feliz, mas por dentro a solidão só aumenta. Estar com alguém errado é lembrar em dobro a falta que faz alguém certo.”

Desabafo.

Queria apenas ter a opção de não sentir. Não ter esse sentimento que nem eu mesma sei decifrar, mas que dói e me faz chorar. Sei que escrever, falar, chorar, bater os pés ou fazer qualquer tipo de lamentação não irá fazê-lo parar, mas escrever sempre me alivia um pouco que seja.
Costumam dizer que recaídas são normais. Mas como podemos gostar de algo que não nos fazia bem? Por que não podemos ter controle sobre nossos sentimentos? E eu só sei que isso é frustante )’; 

Painful to me

Eu sei que ninguém ficaria comigo como você ficou, entre altos e baixos, baixo e baixos. Dentre tantos erros e defeitos, tantas mancadas e tantas ciladas.

Momentos intensos, planos absurdos, brigas idiotas, reconciliações melosas, futuro perfeito e um sonho eterno.

Estaria com você em qualquer momento, no fundo do poço ou na mais alta montanha só pra poder te amar, pra sempre.

Sempre soube que o amor era frágil e eu fui até o fim pra não deixá-lo morrer não deu certo, enfim, a vida que segue.

Morre aqui com meu amor eterno, cheio de planos e um futuro feliz.

Change

O tempo passa, algumas coisas mudam, outras ficam, e dificilmente você tem controle sobre essas oscilações. Nunca fui muito boa em lidar com mudanças quando eu gosto de algo ou alguém para mim não muda, não importa o tempo que passe o sentimento sempre permanece igual mas eu não ganho muito com isso, ou melhor, algo bom, porque  a tendência sempre vai ser a decepção e o jeito é aprender a desapegar e compreender que nada dura para sempre, nada é igual e é necessário aprender a lidar com as mudanças, eu sinto essa necessidade.

Estou passando por uma situação em que mudanças me foram mostradas e eu estou tentando acreditar que não mas cheguei a conclusão que eu também tenho que andar com essa mudança de alguma forma. Tenho que acompanhar ou deixar pra lá.

E nessa de mudar os sentimentos também mudam e vão embora de alguma forma. Talvez aquilo em que acreditei ser amor não tenha passado de uma utopia.